segunda-feira, 23 outubro, 2017 - 03:52
Capa » Animal » Sapo ameaçado é usado para fazer suco energizante no Peru
Sapo ameaçado é usado para fazer suco energizante no Peru

Sapo ameaçado é usado para fazer suco energizante no Peru

Em um balcão do mercado Mayorista, um lugar popular em Lima, estão dois pequenos aquários com dezenas de sapos e rãs. Os sapos são das montanhas da cordilheira dos Andes e algumas destas espécies estão ameaçadas.

Para fazer uma “vitamina de sapo” são necessários apenas alguns minutos. Primeiro, a dona da banca pega um sapo do tanque. Ela corta o pescoço com uma faca e tira a pele como quem descasca uma banana.

Sapo ameaçado é usado para fazer suco energizante no Peru

Então ela coloca os restos do animal em uma panela sobre um pequeno fogareiro, com um pouco de líquido não identificado. Em seguida, a mistura borbulhante é jogada dentro de um liquidificador com outros ingredientes: maca em pó (uma raiz medicinal peruana), vitaminas, frutas e mel. O resultado é uma vitamina cremosa e esverdeada.

“É muito bom para anemia e para problemas no peito”, disse um cliente.

Sapo ameaçado é usado para fazer suco energizante no Peru

A mistura também é conhecida como Viagra andino. “É bom para isto também. Mas para qualquer um que esteja doente, se você tomar três ou quatro vezes por semana, vai melhorar rápido”, acrescenta o cliente.

A bebida tem origem entre as comunidades indígenas nos Andes, mas sua popularidade cresceu. No mercado de Lima custa apenas cinco soles (cerca de R$ 4,7). A dona da banca afirma que vende “talvez cem por dia” e sabe que algumas destas espécies estão ameaçadas.

A dona da banca já foi multada várias vezes por vender a bebida com sapos, mas continuou trabalhando. E os clientes continuam acreditando, sem provas científicas, que a vitamina faz bem para a saúde.

No Peru é proibido vender, transportar ou lucrar com animais selvagens. As pessoas flagradas com espécies da lista da Convenção do Comércio Internacional em Espécies Ameaçadas (CITES) ou do decreto peruano equivalente à lista, serão presas. Na prática, as sentenças à prisão são raras. Ruiz afirma que foram dadas apenas sete em Lima no ano passado.

O tráfico de animais vivos é o que causa maior preocupação no país. A grande variedade de espécies peruanas, de aves e outros animais, é alvo da cobiça dos colecionadores locais e estrangeiros.

Fonte: BBC/Lynda Pressly | Foto: Rodrigo Abd/AP
http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2015/05/150514_suco_sapo_peru_fn

auto → pt
pessoas

Sobre Silmara Túrmina

Silmara Túrmina
Apresentadora, atriz e escritora. Graduada e Pós-graduada em Geografia Graduada em marketing Um bicho do Paraná, correspondente na Flórida/EUA.