terça-feira, 27 junho, 2017 - 00:40
Capa » Brasil » Brasil cai 27 posições e ocupa 58ª em ranking de bem-estar de idosos
Brasil cai 27 posições e ocupa 58ª em ranking de bem-estar de idosos

Brasil cai 27 posições e ocupa 58ª em ranking de bem-estar de idosos

Idosa cobre o rosto com as mãos

O Brasil caiu 27 posições e ficou em 58º lugar em um ranking que analisa o bem-estar de idosos em 96 países. Divulgado no dia 01.out.2014 pela organização Help Age International, a lista traz a Noruega em primeiro lugar e o Afeganistão na última posição.

Com 23,3 milhões de pessoas com mais de 60 anos, o Brasil caiu da 31ª posição, em 2013, e segue atrás de países latino-americanos como Chile, Uruguai e Panamá.

O índice HelpAge International’s Global AgeWatch mede o bem-estar social e econômico das pessoas acima de 60 anos, a partir de quatro quesitos principais: ambiente estimulante, segurança de renda (pobreza e cobertura de aposentadorias), status de saúde (expectativa de vida e bem-estar) e capacidades (emprego e educação para pessoas com mais de 60 anos).

A causa principal da queda do Brasil seria a piora no quesito “ambiente estimulante”, que avalia segurança física, relacionamentos sociais, liberdades cívicas e acesso a transporte público.

A Noruega, líder do ranking, se destaca por cobertura total de aposentadorias, alto índice de educação e emprego na velhice e alta percepção de segurança entre idosos.

Fonte: BBC Brasil
http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/10/141001_velhice_indice_rp

Sobre Luciano Abe

Jornalista, fotógrafo, videorrepórter, documentarista, cineasta, mestrando e blogueiro com diplomas e certificados de cursos e especializações nessas áreas pela PUC-SP, Academia Internacional de Cinema (AIC) e Senac-SP. Foi professor no Senac-SP e na editoria de treinamento da Folha de S.Paulo. Jornalista profissional diplomado (Mtb: 0068126/SP)