segunda-feira, 22 outubro, 2018 - 23:00
Capa » Brasil » Em campeonato de esgrima, garoto recebe ponto injustamente e avisa juiz
Em campeonato de esgrima, garoto recebe ponto injustamente e avisa juiz

Em campeonato de esgrima, garoto recebe ponto injustamente e avisa juiz

Guilherme Murray


Guilherme Murray tem 12 anos e treina esgrima desde 2010. Mas foi no mês passado que seu nome ficou conhecido.

No Campeonato Panamericano de Esgrima, em Aruba, o árbitro marcou um ponto decisivo para Guilherme, classificando-o para a próxima fase. Mas o menino avisou que não havia tocado no adversário, do Peru. O ponto foi revertido para o oponente, e Guilherme saiu do campeonato.

Guilherme passou a receber convites para dar entrevistas e estranhou tanto interesse: “Foi normal [o que eu fiz], qualquer um faria isso”, disse em entrevista ao jornal “Folha de S.Paulo“. Segundo o garoto, avisar o juiz de um erro, mesmo que perca ponto com isso, é comum na esgrima.

Em 6º lugar no ranking nacional, na categoria infantil com o florete (veja as modalidades e um vídeo no link abaixo), o garoto foi campeão brasileiro e sul-americano e treina no Club Athletico Paulistano. Em outubro, participará do Campeonato Brasileiro Infantil de Esgrima. Seu maior sonho é ir para uma Olimpíada.

Fonte: Folha de S.Paulo – Folhinha/Gabriela Valdanha
http://www1.folha.uol.com.br/folhinha/2014/09/1510862-em-campeonato-de-esgrima-garoto-recebe-ponto-injustamente-e-avisa-juiz.shtml

Sobre Luciano Abe

Jornalista, fotógrafo, videorrepórter, documentarista, cineasta, mestrando e blogueiro com diplomas e certificados de cursos e especializações nessas áreas pela PUC-SP, Academia Internacional de Cinema (AIC) e Senac-SP. Foi professor no Senac-SP e na editoria de treinamento da Folha de S.Paulo. Jornalista profissional diplomado (Mtb: 0068126/SP)