segunda-feira, 01 março, 2021 - 03:45
Capa » Celebridades » ‘Enterro’ do carro de Chiquinho Scarpa foi para divulgar campanha de doação de órgãos
‘Enterro’ do carro de Chiquinho Scarpa foi para divulgar campanha de doação de órgãos

‘Enterro’ do carro de Chiquinho Scarpa foi para divulgar campanha de doação de órgãos

                                                                                                               Foto: Facebook/Reprodução
Bentley campanha carro celebridades Chiquinho Scarpa doação de órgãos enterro playboy saúde


Na semana passada, o playboy Chiquinho Scarpa avisou nas redes sociais que enterraria seu carro predileto, um Bentley avaliado em R$ 1,5 milhão. Em entrevista à imprensa, Chiquinho disse que seguia a “tradição dos faraós do Egito” de enterrar “seu maior tesouro para esperá-lo na outra vida”.

No dia do enterro, sexta-feira (20.set.2013), Chiquinho parou a cerimônia antes que o carro fosse enterrado e revelou que a ação foi feita para promover uma campanha de doação de órgãos. Era uma forma de mostrar que algo precioso não tem valor embaixo da terra.


                                                                                              Foto: Manuela Scarpa /Foto Rio News

Bentley campanha carro celebridades Chiquinho Scarpa doação de órgãos enterro playboy saúde


“Eu fui julgado por querer enterrar uma Bentley, mas a verdade é que a grande maioria das pessoas enterra coisas muito mais valiosas que meu carro. Elas enterram corações, rins, fígados, pulmões, olhos. Isso sim que é um absurdo”, declarou Chiquinho. Nas redes sociais, o milionário escreveu: “Absurdo é enterrar seus órgãos, que podem salvar muitas vidas. Nada é mais valioso. Seja um doador, avise sua família”.

http://ego.globo.com/famosos/noticia/2013/09/enterro-do-carro-de-chiquinho-scarpa-e-acao-favor-de-campanha.html

Sobre Luciano Abe

Avatar
Jornalista, fotógrafo, videorrepórter, documentarista, cineasta, mestrando e blogueiro com diplomas e certificados de cursos e especializações nessas áreas pela PUC-SP, Academia Internacional de Cinema (AIC) e Senac-SP. Foi professor no Senac-SP e na editoria de treinamento da Folha de S.Paulo. Jornalista profissional diplomado (Mtb: 0068126/SP)