domingo, 19 agosto, 2018 - 16:43
Capa » Cinema » Cineasta Eduardo Coutinho é assassinado no Rio; filho é suspeito
Cineasta Eduardo Coutinho é assassinado no Rio; filho é suspeito

Cineasta Eduardo Coutinho é assassinado no Rio; filho é suspeito

Eduardo Coutinho em foto PB


O cineasta Eduardo Coutinho, de 81 anos, foi assassinado a facadas neste domingo (02.fev.2014), por volta das 11h50, dentro de casa, no bairro da Lagoa, zona sul do Rio. O filho, Daniel Coutinho, é tido como o principal suspeito, segundo a polícia.

Segundo a Divisão de Homicídios, ele também seria o responsável por esfaquear a mãe e, em seguida, teria tentado se matar.

A mulher do cineasta, Maria Oliveira Coutinho, 62, foi socorrida pelos bombeiros e internada em estado grave no Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, zona sul. O filho também foi levado para lá, com ferimentos menos graves. De acordo com vizinhos do cineasta, Daniel, que morava com os pais, sofria de esquizofrenia.

Natural de São Paulo, Eduardo Coutinho era considerado um dos principais documentaristas do Brasil. Entre seus trabalhos de maior destaque estão “Cabra Marcado para Morrer” (1985), “Edifício Master” (2002) e “Jogo de Cena” (2007). Ao todo, Coutinho lançou 22 filmes durante sua carreira. 

Fonte: Folha de S.Paulo
http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/02/1406457-eduardo-coutinho-e-assassinado-pelo-filho-na-zona-sul-do-rio.shtml

Sobre Luciano Abe

Jornalista, fotógrafo, videorrepórter, documentarista, cineasta, mestrando e blogueiro com diplomas e certificados de cursos e especializações nessas áreas pela PUC-SP, Academia Internacional de Cinema (AIC) e Senac-SP. Foi professor no Senac-SP e na editoria de treinamento da Folha de S.Paulo. Jornalista profissional diplomado (Mtb: 0068126/SP)