quarta-feira, 23 setembro, 2020 - 19:56
Capa » Brasil » Médicos brasileiros chamam médicos cubanos de “escravos” no Ceará
Médicos brasileiros chamam médicos cubanos de “escravos” no Ceará

Médicos brasileiros chamam médicos cubanos de “escravos” no Ceará


Médicos cubanos foram vaiados, hostilizados e chamados de “escravos” por médicos brasileiros que fizeram um protesto na saída do primeiro dia do curso para o programa Mais Médicos, do governo federal, em Fortaleza.

O grupo de brasileiros se reuniu com uma faixa exigindo a aplicação de prova para a revalidação de diploma dos estrangeiros. Havia no local 96 médicos estrangeiros, sendo 79 cubanos.



Havia também um pequeno grupo, de cerca de 20 pessoas, que se manifestava a favor de Cuba. Eles criticavam os médicos brasileiros, chamando-os de mercenários.
Leia a matéria completa do meu amigo Aguirre Talento no link abaixo:

Sobre Luciano Abe

Avatar
Jornalista, fotógrafo, videorrepórter, documentarista, cineasta, mestrando e blogueiro com diplomas e certificados de cursos e especializações nessas áreas pela PUC-SP, Academia Internacional de Cinema (AIC) e Senac-SP. Foi professor no Senac-SP e na editoria de treinamento da Folha de S.Paulo. Jornalista profissional diplomado (Mtb: 0068126/SP)