sábado, 22 setembro, 2018 - 18:33
Capa » Educação » Escola proíbe menino que se vê como menina de entrar em banheiro feminino
Escola proíbe menino que se vê como menina de entrar em banheiro feminino

Escola proíbe menino que se vê como menina de entrar em banheiro feminino

                                                                                                                                                                                           Youtube/Katie Couric


Um distrito escolar do Colorado, nos Estados Unidos, discriminou uma menina transgênero de 6 anos de idade ao proibi-la de usar o banheiro feminino.


Coy Mathis nasceu homem, mas assumiu identidade feminina desde a primeira infância, quando disse à mãe que havia algo errado com o corpo dele aos 4 anos de idade. Coy estudava como menina na Eagleside Elementary School, ao sul de Colorado Springs, desde o jardim de infância.

Coy antes de assumir a identidade feminina



Ela podia usar o banheiro feminino até o final de 2012, quando o diretor da escola informou aos pais que Coy teria de usar o banheiro dos meninos ou o banheiro dos funcionários, que é unissex.

A divisão de direitos civis do Colorado afirma que o distrito escolar de Fountain-Fort Carson violou uma lei estadual que confere proteção aos transexuais.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2013/06/1300301-menina-transexual-e-proibida-de-usar-banheiro-feminino-nos-eua.shtml

Sobre Luciano Abe

Jornalista, fotógrafo, videorrepórter, documentarista, cineasta, mestrando e blogueiro com diplomas e certificados de cursos e especializações nessas áreas pela PUC-SP, Academia Internacional de Cinema (AIC) e Senac-SP. Foi professor no Senac-SP e na editoria de treinamento da Folha de S.Paulo. Jornalista profissional diplomado (Mtb: 0068126/SP)