domingo, 20 agosto, 2017 - 14:25
Capa » Brasil » Com R$ 50 da avó, ambulante ganha 1º milhão vendendo hambúrguer na praia
Com R$ 50 da avó, ambulante ganha 1º milhão vendendo hambúrguer na praia

Com R$ 50 da avó, ambulante ganha 1º milhão vendendo hambúrguer na praia

Em 2006, o empresário Raphael Krás, de 28 anos, começou a vender hambúrgueres vegetarianos em uma caixa de isopor na praia de Ipanema (RJ) com R$ 50 emprestados da avó. Era o início da Hareburger que, oito anos depois, fechou 2014 faturando R$ 1,2 milhão em duas lojas fixas.

Apesar das lojas, a empresa não abandonou as praias. Krás afirma que seis vendedores autônomos são responsáveis por revender os hambúrgueres da marca nas areias de Ipanema e do Leblon. Para trabalhar para a rede, os vendedores precisam estar formalizados como microempreendedores individuais, todos autorizados pela prefeitura a exercerem a atividade.

A Hareburger tem sete opções de sanduíches. O mais vendido é o de shiitake, mas também há lanches com molho de manga, abacaxi e pão de sete grãos, todos feitos com hambúrguer de soja. Os preços variam de R$ 13 a R$ 15, dependendo do sabor. Além disso, as lojas vendem sucos e sobremesas naturais.

O empresário, que é vegetariano, percebeu a oportunidade de negócio ao frequentar praias e não encontrar opções de alimentos sem carne. Decidido a atender esse público, ele pediu R$ 50 emprestados a avó e comprou isopor, papel alumínio e ingredientes para montar os primeiros “hare burgers”.

Praticante de kung-fu e meditação, Krás se inspirou na cultura oriental e esotérica para criar a identidade do negócio. Alguns ingredientes levam nomes diferentes, como “cheddar alucinante”, “tomate psicodélico”, “mostarda transcendental” e “molho secreto vulcânico de Marte” (barbecue).

“Precisava de um diferencial de marketing. Essa foi uma forma descontraída que encontrei para chamar a atenção do público”, diz. “É uma inspiração que vem das estrelas.” Para este ano, ele planeja a abertura de cinco unidades franqueadas no Rio de Janeiro e uma em São Paulo, no segundo semestre.

Fonte: UOL/Afonso Ferreira | Foto: Divulgação
http://economia.uol.com.br/empreendedorismo/noticias/redacao/2015/02/27/com-r-50-da-avo-ambulante-ganha-1-milhao-vendendo-hamburguer-na-praia.htm

Sobre Hamilton Kage

Hamilton Kage
Consultor de TI, fisioterapeuta e curioso, mas não necessariamente nessa ordem.